QUAL O MELHOR CLIMA PARA MERGULHAR?

O mergulho, o clima e as estações do ano: mas afinal, existe melhor período para mergulhar?



A medida que vamos tendo mais experiências no mergulho percebemos que mergulhar é bom até quando o “mar não está pra peixe”. O inverno vai se aproximando e os mergulhadores parecem esquecer que estamos num país tropical, onde algumas cidades experimentam as 4 estações do ano em 1 só dia! É possível mergulhar o ano inteiro no Brasil e a gente não perde uma!


Existem períodos em que historicamente tem mais ou menos avistamentos de certos peixes, correntes mais fortes e mais fracas, águas mais frias ou mais quentes. Mas pela nossa experiência, sempre vai ter algo que não está 100% no dia do seu mergulho.


Uma chuva com vento que atrapalha um pouco a descida, um sol de “rachar” mas com correnteza que deixou o mar com baixa visibilidade, um dia que parece perfeito mas você desce e a vida marinha parece que sumiu! Os perrengues do mergulho são normais e muitos deles podem estar relacionados às condições climáticas. Mas isso é motivo para não mergulhar?


A Bora Mergulhar recomenda fortemente que você não deixe de mergulhar só porque o clima não está perfeito como você imaginou, embaixo da água a história pode ser bem diferente.


Se o ponto de mergulho escolhido não for em lugares mais estáveis como algumas ilhas do caribe ou outros países em que é verão o ano inteiro, você sempre vai ter que administrar algum fator inesperado que vai dar aquela pitada de adrenalina no seu mergulho. E isso inclui as mudanças de clima e temperatura.


A notícia boa é que a roupa de neoprene e outros itens que você deve ter sempre à mão (toalhas super absorventes, jaquetas corta vento, uma roupa seca pra volta) te protegem do frio. Nunca desperdice um mergulho por causa de chuva e vento, existem dias mais frios e até de águas mais frias que podem trazer uma vida marinha totalmente variada e inesperada.


Continue lendo sobre o melhor período e estações do ano para mergulhar ou veja este vídeo que está no nosso canal do YouTube, sobre mergulhar em dias de chuva:



Já teve dias que chegamos no ponto de mergulho depois das 10 da manhã, com garoa fina, vento frio e mar muito batido, fora o fato de ter muitas nuvens e estava meio escuro. Tudo isso nos fez acreditar que não daria pra ver quase nada sem lanterna durante o mergulho. A partir dos 3 metros de profundidade entramos em outro planeta... mar calmo, não tinha correnteza forte, a vida marinha era surpreendente e dava pra enxergar tudo sem lanterna, mesmo num dia totalmente encoberto e escuro.


Converse com sua escola de mergulho e tente minimizar impactos climáticos nos seus próximos mergulhos, mas nunca desista só porque a previsão é de chuva. Além dos erros das previsões meteorológicas, as operadoras de mergulho seguem sempre as orientações da Marinha Brasileira, e na ausência de riscos de correnteza ou mudanças climáticas bruscas, é seguro e divertido mergulhar com chuva.


Cada ponto de mergulho tem uma característica, e a passagem de vida marinha está quase sempre relacionada a alguma estação do ano. Na Laje de Santos as raias manta passam de maio a setembro, em Abrolhos, as jubartes passam de junho a novembro. Isso sim deve ser considerado antes de programar uma viagem de mergulho.


Converse com a operadora de mergulho, evite temporadas de climas mais agressivos, que trazem correnteza e baixa visibilidade, e seja feliz mergulhando o ano inteiro!


A gente sempre fala: mar calmo nunca fez bom mergulhador, os aprendizados decorrentes de mergulhar em diversas condições só vai te trazer conhecimento e vantagens. Bora mergulhar?

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo