10 COISAS QUE PODEM DAR ERRADO NO MERGULHO

Quando você faz um curso de mergulho com cilindro você aprende o efeito da pressão e da profundidade sobre seu corpo e um pouco sobre os equipamentos de mergulho. Você também faz um treinamento padrão sobre as possíveis intercorrências e como resolver tudo sem precisar subir. Mas existem muito mais coisas que podem dar “errado” no mergulho e que não estão previstas no curso, e que você precisa saber resolver com calma e inteligência.



Listamos 10 coisas que acontecem muito no mergulho com cilindro e muita gente se desespera ou não sabe resolver:


1. Primeiro estágio soltando bolhas: o encaixe do regulador no cilindro é chamado primeiro estágio (de passagem do ar) e aqui pode haver um erro no encaixe e também um desgaste do O ring de borracha que ajuda na vedação. Se estiver vazando só um pouco é provável que isso não interfira no seu mergulho, é relativamente comum ver mergulhadores soltando bolhinhas no primeiro estágio, e eles fazem seu mergulho normalmente sem grandes problemas. O ideal seria pedir para seu dupla verificar e voltar para o barco e trocar o anel de vedação ou ver se o encaixe está perfeito


2. Cilindro de ar se solta durante o mergulho: antes de descer ou durante o mergulho, o cilindro que foi preso muito para cima ou já estava frouxo pode se soltar. Já vimos muito mergulhadores desesperados e tensos sem motivo, afinal um cilindro solto continua fornecendo ar normalmente, só não pode se mexer muito para não puxar a mangueira da boca. Basta o mergulhador ficar parado, seu dupla arruma novamente com muita calma e assertividade e mergulho que segue!


3. Máscara de mergulho que arrebenta: se a máscara arrebentar durante um mergulho, existem várias atitudes que podem ser tomadas. Se você não a perdeu, pressione novamente sobre o rosto, desalague e avise seu dupla para encerrar o mergulho. Normalmente ela não fica “presa” no rosto por muito tempo sem a tira, então tem que voltar para o barco. Mas se você a perdeu, não vai ter jeito, você segura no seu dupla e sobe, de olhos fechados ou abertos, vai da preferência de cada um.


4. Colete inflando ou desinflando sozinho: se isso acontecer não vai ter jeito, tem que encerrar o mergulho e trocar de colete. Além de interferir na sua flutuabilidade, se ele inflar e você subir rápido demais você corre o risco de uma doença descompressiva. Se o colete estiver desinflando no meio do mergulho é muito provável que você fique negativo e descendo contra sua vontade, é uma perda de energia desnecessária mergulhar se sua flutuabilidade não está neutra.


5. Máscara alagando: quando a máscara começa a alagar muito e rapidamente, é bom verificar o que pode ser. A tira muito larga, o silicone desgastado, cabelo ou bigode impedindo que ela fique corretamente encaixada e vedada, entre outros. Quando a máscara alaga várias vezes, você perde tempo do mergulho resolvendo este problema, fora que se a água estiver muito fria a tendência é que ela comece a embaçar mais também. Ninguém merece este incômodo durante um mergulho, se não conseguir resolver logo é melhor subir e resolver definitivamente. Já vimos problemas de máscara deixar muito mergulhador em pânico então se não está conseguindo resolver submerso, suba e resolva. Existem muitos mergulhadores que preferem levar uma máscara reserva no bolso do colete, isso garante que não vai precisar subir antes da hora.


6. Máscara embaçada (veja 5 dicas para desembaçar aqui): um problema clássico, recorrente e que definitivamente atrapalha muito qualquer mergulho. Máscara embaçada impede a visibilidade até se você estiver no caribe! Máscara bem limpa e que não entra água ajuda muito a manter a lente em perfeitas condições. Tem alguns produtos específicos para evitar o embaçamento, a gente usa e gosta muito.


7. Pânico no mergulho: não é incomum o medo de mergulhar se transformar em pânico embaixo da água. Máscara que arrebenta, baixa visibilidade, barcos passando em cima, enfim, vários são os gatilhos que podem desencadear o pânico durante um mergulho. Sempre importante lembrar que desde que o regulador esteja na boca fornecendo ar e seu dupla bem perto te prestando suporte QUALQUER PORBLEMA PODERÁ SER RESOLVIDO. Pare, respire lenta e profundamente até se acalmar, e decida qual a melhor forma de sair dessa situação junto com seu dupla.


8. Perder o cinto de lastro: quando o cinto de lastro se solta você fica muito leve e sobe rapidamente, isso pode ocasionar uma doença descompressiva. Ao cair na água segure firme o cinto, e verifique sempre que puder se está tudo certo enquanto mergulha. Se o cinto cair você terá que se segurar em algo ou alguém pra não subir rápido.


Continue lendo sobre 10 coisas que podem dar errado num mergulho ou veja este vídeo que está no nosso canal do YouTube, que fala justamente sobre cinto de lastro:



9. Ficar enjoado enquanto mergulha: o balanço do barco pode te deixar mareado e você sentir ânsia enquanto mergulha. Não tire o regulador da boca, e se tiver que expelir algo, faça isso normalmente pelo regulador. Muitos peixinhos virão para perto da sua boca e o botão de purga vai deixar tudo limpinho para você continuar o mergulho, se você se sentir bem o suficiente para isso.


10. Perdeu seu dupla e está sozinho sem visibilidade: procure ao redor por 1 minuto e se não encontrar faça uma subida controlada e calmamente. Não tem porque se arriscar e sair sozinho sem direção, isso pode te colocar em alguma correnteza ou fora da rota, desta forma seus problemas vão só aumentar.


Existem muitos outros problemas num mergulho com cilindro, e todos tem saída segura se você tiver calma e ar no cilindro. O curso básico e a prática constante vão te aperfeiçoar, mas nada como conhecer profundamente seus equipamentos de mergulho e o que acontece com seu corpo no mergulho de forma mais detalhada, num curso de CIÊNCIA DO MERGULHO (saiba mais aqui)


Se você já se viu em enrascadas no mergulho e não sabia o que fazer, recomendamos que volte pra sala de aula e alcance um outro patamar como mergulhador. Bora Mergulhar cada vez melhor?

42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo